10 de abril de 2010

... por entre a leitura de Merton fica a constatação de que existem vidas centradas em Deus e isto num sentido radical: centradas em "algo" radicalmente diferente. "Algo" radicalmente além.

4 comentários:

zef disse...

Há muito que não vinha a bordo.
Tenho de revisitar Merton.
Olhando lá para trás, li-o bastante nos fins de sessenta, então centrado doutro modo...

Anónimo disse...

Fernando,
Tentei contactar-te, mas mudaste de mail. Diz coisas.
c. m.

a-bordo disse...

já enviei mail
ab

Anónimo disse...

é o que acontece quando não se desisite, sempre se encontra alguma coisa.
Voltaste e eu sinto-me mais viva, mais contente, porque o contentamento é uma espécie de felicidade, seja lá o que isso for...theo