25 de junho de 2007

não vou mudar uma vírgula ao que disse, nem vou gritar

5 comentários:

Putty Cat disse...

Até podes gritar, desde que não mudes o sentido da virgula, se assim não for a tua intenção.

Beijo

Bastet disse...

Quando quiseres gritar usa a exclamação. Normalmente resulta. :)*

Vítor Mácula disse...

Nesse caso, uma vénia, caro Fernando. Mas também é verdade que ou é a própria vírgula que grita, ou então nada ;)

Aires Montenegro disse...

Quando ouvires a gravação que arranjei da 9.ª sinfonia de Mahler (o Claudio Abbado com a Filarmónica de Berlim) ai gritas, gritas!!!

a-bordo disse...

uma das ideias que pode saltar da frase é que o grito altera o que dizemos...

aires: estou pronto para gritar, ó "missionário" mahleriano; um grande abraço