1 de janeiro de 2006

Notas:
(1) Já fico muito contente quando sou capaz de ver depois.
(2) Afinal há espaço para todos (poderia ser a pequena frase do início do cosmos, das pequenas divindades (que somos) e dos mundos que criámos --- e mais uma vez da alegria, neste caso, por motivos espaciais e funcionais, peças que encaixam e esforços que se conjugam) (quanto julgamos que não se encaixavam, que não se conjugavam) (estavam excluídos e o espaço cortado às fatias).

7 comentários:

dhuoda disse...

A vida é feita de grandes pequenas surpresas, amigo. Às vezes olhamos e, a maior de todas, é que ainda nos surpreendemos a nós próprios. Depois, muito estranhamente, tudo parece fazer sentido...

walterlando0405 disse...

I read over your blog, and i found it inquisitive, you may find My Blog interesting. My blog is just about my day to day life, as a park ranger. So please Click Here To Read My Blog

Anónimo disse...

PARABÉNS PELO BLOG!

http://www.imparcialidades.blogspot.com/

dhuoda disse...

Espero sinceramente que tenhas regressado são e salvo da terrível incursão em terras frescas, de largos horizontes, belas e telúricas paisagens.
Eu já me apetrechei para o grande dia. Não é preciso contratares o montanhês (...), vou mesmo sem ele.Bjs.

Bastet disse...

Acredito no estranho encaixe de todas as peças ponteagudas, cortantes (as que ferem), com as maleáveis, neste estranho puzzle que um dia revelará a sua lógica e dimensão.

a-bordo disse...

amigo(a)s: ando um pouco fugido da net... ainda assim era mais do que altura de deixar aqui beijos e abraços e um obrigado por continuarem a passar por esta "humilde" casa.

Anónimo disse...

Very cool design! Useful information. Go on! » »