8 de março de 2005

o contacto, a pele na pele, o tecido na pele, as páginas nas mãos, o sopro da amizade, a presença de Deus, devem ser continuadamente lembrados