16 de março de 2005

Alvin 7.
Que os amigos me julguem por aí mais tolo do que eu sou, é não só possível como justificado. A começar porque depois de deixar o Tio Patinhas, para continuar esta introdução a Plantinga, vou escrever sobre o modo como um marciano poderá aprender o que é um lençol.

6 comentários:

Bastet disse...

E a história de Aretha, a formiga?

a-bordo disse...

Bastet, a formiguinha está um pouco triste, porque também eu ainda não fui capaz de lhe responder. Perguntou-me: a quem devo obedecer? - O que entretanto se passou será notícia em breve.
Um abraço para ti.

Bastet disse...

E que fome matou ela primeiro? Gostei de Aretha...

a-bordo disse...

Que fome e como a matou, e o pouco mistério que isso traz, é o que vai ser contado a seguir; depois, um discurso que lhe fiz e palavras que lhe agradaram, agrado só possível a quem como Aretha é condescente a um palavrometro como eu. um abraço.

Bastet disse...

:) sorriso terno.

Anónimo disse...

best regards, nice info » » »