12 de janeiro de 2005

«É difícil saber o peso que devemos atribuir ao facto de Jesus ter evitado os centros urbanos (ao que parece). Veremos mais adiante que ele prometeu o Reino aos excluídos e aos pecadores, incluindo os cobradores de impostos e as prostitutas. Poderia pensar-se que tal missão o teria levado a Tiberíades, a capital. Ele podia ter ido a Séforis para protestar contra a riqueza da aristocracia. O desejo de atingir todo Israel poderia tê-lo levado aos centros urbanos de maior concentração populacional. Contudo, Jesus actuou entre os seus: habitantes das aldeias, artesãos, negociantes, camponeses e pescadores.» - Sanders, A verdadeira história de Jesus, 144.