14 de outubro de 2004

(10NP) «- Não vejo qual é o sentido da religião se não houver céu – contrapôs Úrsula. – Quero eu dizer na minha que de nada vale ser bom, se não se for recompensado por isso. Se a longo prazo não há castigo, porque não ser mau?
- Costuma dizer-se que a virtude é a própria recompensa – disse Bernard, com um sorriso.
- Vai para o Inferno!»
(Mesmo Lodge mesma página.)