22 de outubro de 2004

«Se ajuizasse a Fé pela sua História, diria que aquela sairia muito maltratada. Não é esta que justifica aquela. Nem creio que, no futuro, a Fé seja caucionada por este presente. Talvez os do futuro não nos considerem muito melhores do que aqueles que protagonizaram os exemplos dados pelo Fernando. O Espírito não está na História. Os que acreditam, não são deste Mundo. É o Dom, ainda que tenha muita dificuldade em conviver com ele. Talvez seja essa a razão da sobrevivência. Ou da peregrinação.» - Vizinho do Mar.