11 de julho de 2004

Robert Louis Wilken, Early Christian Thought – seeking the face of God –, Yale University Press, New Haven & London, 2003. Dando conta do primeiro pensamento cristão, Wilken di-lo na espiral que vai da res – a coisa de que as Escrituras falam – ao texto e do texto à res. O que é dizer que é uma reflexão que procura partir dos textos bíblicos e que é a partir desses textos que é dito tudo o que há para dizer. Assim, se há que tornar claro em que possa consistir o livre arbítrio ou tornar claro qual a função das paixões na vida humana, o horizonte do trabalho intelectual toma como fonte máxima de inspiração aquilo que os textos bíblicos dizem sobre o assunto, mesmo quando o que dizem é aparentemente contraditório. Depois, há que confrontar o que assim é obtido com a experiência religiosa não só das comunidades cristãs nascentes, como a experiência pessoal de cada um dos pensadores. Assim, aqui, assumem particular importância os pensadores que tomam para o seu labor intelectual uma característica peculiar: a res – a coisa – de que falam é apenas a res – a coisa – que conhecem.