6 de maio de 2004

Disse ela: Mas posso saber o que tu fazes mais do que isso?
Disse ele: Não tenho paciência já te disse.
Disse ela: Não tens paciência, mas fazes o mesmo.
Disse ele: O mesmo não.
Disse ela: O mesmo sim!
Disse ele: O mesmo não.
Disse ela: O mesmo sim!
Disse ele: Vamos mas é calar-nos.
Disse ela: Cala-te mas é tu!
Disse ele: Ai, ai!
Disse ela: Calado é que tu eras diferente!