22 de abril de 2004

Por vezes aparecem na nossa vida estranhas criaturas. Estão dispostas a fazerem tudo para nos incomodarem, tudo para dar cabo da nossa vida. E não desaparecem. Teimam. Tanto querem estar connosco que obrigam à dúvida: e não é que gosta de mim? – Estes são episódios de tiranos e pragas. São tiranos que são pragas e que apenas se combatem com outras pragas. O que nos diz Moisés? – Que a praga tirano Faraó tem o coração duro. Tão duro que a última coisa que quer é abrir mão dos que julga seus escravos. Por isso, a insistência de os querer por perto… Nas nossas vidas, esta insistência é por vezes confundida com amor. Mas não é. É amizade. Amizade do Faraó.