24 de abril de 2004

Ela: Ouve está quieto, não preciso que me leves o saco!
Ele: Porra, não se pode ser simpático! Assim…
Ela: Assim nem meio assim…
Ele: mas…
Ela: e se estivesses calado!
Ele: por favor….
Ela: porra, não te calas!?
Ele:
Ela: não faças esse ar, afinal o que queres?
Ele: de ti!?
Ela: está a ver!? Conheço-te!
Sorri. Pousa o saco.