9 de fevereiro de 2004

Disse ela: mas para quem falas tu?
Disse eu: mas que dizes tu!?
Disse ela: falas comigo!?
Disse eu: claro que sim!
Disse ela: tens a certeza?
Disse eu: que pergunta!?
Disse ela: olha que não!
Disse eu: o que é que tu achas?
Disse ela: o que é que posso achar!?
Disse eu: não sei! Não noto nada!
Disse ela: