2 de janeiro de 2004

Será preciso repetir trinta mil vezes a mesma atitude para reconhecer que ela é errada?

Sem comentários: