11 de novembro de 2003

«Perco a vantagem interessante de pregar a sedutora malignidade do prazer, a alegria de viver, a alegre mensagem do gozo mais refinado da vida, a insolência da troça. Perco a vantagem interessante de ser uma interessante possibilidade» (Kierkegaard: Ponto de vista explicativo da minha obra como escritor, 83)