27 de setembro de 2003

Christopher Marlowe. Fausto.
Disse Mefistófeles – Mas isto é Inferno; não estou fora dele.

Como é o Inferno? – Marlowe explica-o pela voz de Mefistófeles.

«Mefistófeles – Mas isto é Inferno; não estou fora dele.
Pois pensas que eu, que vi a face de Deus
E provei as eternas delícias do Céu,
Não me atormento com dez mil infernos
Só por estar privado da sempiterna felicidade?
Oh, Fausto, deixa essas perguntas vãs,
Que se me arrasa a alma de terror.»(Christopher Marlowe, História trágica da vida e morte do Doutor Fausto, 49.)

O que quer isto dizer? É possível dizê-lo com outra linguagem? Talvez sim. Talvez não.